Redes Sociais

Pesquisa:

Intimidade gera participação: exatos 86% das pessoas que se conectavam a comunidades privadas (com capacidade média de “apenas” 300 a 500 participantes) eram seus colaboradores ativos. Postavam comentários, iniciavam e participavam de diálogos, debatiam idéias e compartilhavam fotos, entre outras ações.

Somente 14% conectavam-se apenas para “espreitar”. Todavia, essa proporção se inverte nas redes sociais públicas. Isso indica que quanto mais íntimo o ambiente, maior a participação e mais intenso o envolvimento que se pode esperar.

b) A familiaridade é um poderoso fator de estímulo: embora os índices de participantes ativos e meros “espectadores” fossem razoavelmente consistentes entre os sites de marca e os sem marca, os primeiros apresentaram um volume maior de participação.

c) Homens e mulheres respondem de maneira diferente: a participação das mulheres era maior que a dos homens. No entanto, uma vez que estes se conectavam, participavam com uma frequência ligeiramente superior – 4,8 contribuições semanais masculinas contra 4,1 femininas.

d) A homogeneidade desencadeia a participação: comunidades criadas em torno de grupos demográficos específicos apresentam maiores níveis de participação.

Design e Tecnologia Web © ConsulltWeb Agência de Mídia Digital Criação de Projeto Web. Todos os direitos reservados.